obra em steel frame

O sistema construtivo Light Steel Frame começou a ser implantado no Brasil na década de 90 e apesar do seu crescimento no panorama da construção civil nacional, ainda é pouco utilizado em comparação a vários países. Mesmo assim, a tecnologia vem sendo cada vez mais difundida. Com a maior disponibilização de componentes no mercado e de referências normativas sobre o assunto, o sistema consolida-se cada vez mais, principalmente, em grandes obras, como shopping centers e galpões industriais, e mais ultimamente na construção civil residencial. O Steel Frame apresenta diversas vantagens técnicas, econômicas e ambientais em comparação aos sistemas construtivos comuns, e permite a realização de uma obra seca, mais rápida e limpa.

Afinal, o que é a tecnologia Light Steel Frame?

O Light Steel Frame é um sistema construtivo estruturado em perfis de aço galvanizado, projetado para suportar as cargas da edificação e trabalhar em conjunto com outros subsistemas industrializados, que garantem os requisitos de funcionamento da edificação. A grande vantagem do sistema é a racionalização e a otimização dos recursos utilizados no canteiro bem como o melhor gerenciamento das perdas, caracterizando uma construção mais rápida e econômica, além de ambientalmente correta. O projeto executivo da estrutura em Light Steel Frame exige maior detalhamento, característica que evita desvios nos procedimentos, tanto no que se refere ao uso de materiais quanto aos serviços envolvidos na construção.

Características do sistema construtivo


1. Estrutura

A estrutura da edificação é composta por painéis metálicos, compostos por perfis de aço, com revestimento anticorrosivo zincado. Os perfis são fixados entre si através de parafusos, compondo paredes, lajes de piso/teto e estrutura da cobertura, constituindo um conjunto monolítico da edificação. Os perfis são usualmente industrializados, exigindo um projeto detalhado e coordenado de forma modular baseado nos parâmetros de dimensão dos materiais especificados.

2. Fundação

Os painéis de aço pré-fabricados são fixados à fundação através de chumbadores para garantir a transferência das cargas. O tipo de fundação utilizado normalmente é a radier, uma laje de concreto armado apoiada sobre o terreno nivelado e compactado. O sistema admite também a utilização de outros tipos de fundação, dependendo do projeto estrutural e características do terreno.

3. Fechamentos

As paredes, lajes e a estrutura do telhado são completadas com chapas de fechamento. Na parte externa são utilizadas, usualmente, chapas cimentícias, fixadas diretamente nos perfis estruturais. Nos fechamentos internos são utilizadas chapas de gesso acartonado, o drywall. Para os elementos de fechamento, podem ser previamente mensurados e projetados sistemas de isolamento térmico e acústico, de acordo com as necessidades do projeto. Os painéis utilizados para o fechamento admitem a utilização dos revestimentos convencionais empregados na construção civil.

4. Instalações

As instalações elétricas e hidráulicas podem ser idênticas às utilizadas nos sistemas construtivos comuns, apresentando vantagens no que se refere à manutenção já que as próprias paredes funcionam como shafts acessíveis.

Quais são as vantagens?

O sistema apresenta inúmeras vantagens em relação aos métodos tradicionais de construção, pois possibilita a redução do desperdício de material por meio de um projeto detalhado, da industrialização dos componentes e da economia de tempo no canteiro de obras. Um projeto executivo bem detalhado é a peça chave para que sejam aproveitadas as vantagens do Light Steel Frame como sistema construtivo, pois permite um maior controle do orçamento, prevendo de forma precisa os gastos com materiais e evitando desperdícios. Além disso, o sistema permite um canteiro de obras mais organizado, seguro e com diminuição da mão de obra necessária.

O Light Steel Frame é um sistema que tende a crescer gradativamente no panorama brasileiro da construção civil, incluindo o âmbito da produção de habitação social, devido às suas vantagens econômicas. Sua especificação requer profissionais especializados, tanto para o projeto arquitetônico quanto para o cálculo estrutural, de forma que o canteiro de obras e a construção em si tirem proveito dos seus benefícios.

Acompanhe o passo a passo de uma obra em Light Steel Framing

Passo a passo

Confira um comparativo entre o Light Steel Framing e a Alvenaria

Comparativo

Perguntas Frequentes

Ver Perguntas